30 de jun de 2012


no bar com as velas e eu observo-o, bronze
naquela altura toda sua, eu, parada, você de rabo de cavalo que amarra fazendo pouco
eu caso
sim
seu olho puxado me empurra pra você e o cabelo ondulado me faz ficar à deriva
mas te quero nau

nipo-amore-meu
naipônico
e eu rio
porque você são vários
cada dia um dia

na horizontal me faz viver
porque eu não tenho medo de altura
nem de nadar

cru e nós
velocidades

.
e a verve?
soul eu, de novo.
em carne: ação
no more sou. mas souestou
áfrica mim. devasta, dá, castra, dá, santa. aí não!
do voodoo, eu, dó.

..
por dentro eu tô vulcão
posso não ser mas tô.
vulcão vermelho, nariz de dragão
se chegar perto, vai fumaça
erupcendo, adolesço

..
tem horas que eu speak e you are me falta, porque miss u
mas não lanço não. duplo farpado. ai.
mão é rêndi e eu não vou dar uma pra você.
o momento já foi.
no máximo dos máximos deita aqui do meu lado e xiu. c u a i e t...
no araminho??

daí que tive pena porque as lágrimas que caíram de mim vinham dos seus olhos de olhar triste e da sua solidão. mas fui eu que chorei. também por sentir seu desespero em suprir um sentir não reparado enquanto havia tempo.
me condoí.
passado o susto foi que /do/eu em /mi/m e eu /sol/fri e /lá/ /re/moí.
não /fa/z isso...
quando for assim, canta.

20 de jun de 2012


1
Falar com você sobre nós dois me aqueceu o peito.
Depois de cinco anos em silêncio, de dias sem você, dizer do frio seria lugar comum.
Mas o que eu sinto não é comum e não tem lugar. Caberia em nenhum. Não caberia no comum. Caberia em um lugar.
Cativa tricolor.
Ocupada.
2
Pensar em como era e só ter vaga lembrança.
Memória fraca. Bateria.
Temos que formatar. E forma dar para essa pseudo nova forma de lidar.
3
Seu sorriso era lindo.
Passou para o metálico esbranquiçado e agora eu nem mais sei que cor tem.
Sei que tem uma.
Sabia de cor cada pedaço de você, cada pecado seu.
4
Grande é o amor
Decorado de algodão e prata
Era lindo e branco e grande e cor de pele também
Eras tu
E olhavas para mim
E eu sem acreditar que aquilo era possível, era meu.
Éramos dois.
Um ao lado do outro ao lado de um
Nós.
5
Mas sem crise.
Passei
E só pra dar oi.
Tangerine.

Meu bem, olho de pão, corpo de sim, mente de não
Gosto de vento, alma de luz
Liberta nossa liberdade
Alimenta nossa loucura
Diz do leite que aguça o querer
Diz do aço que entorta meu dia
Eu mando, ele vem.

Paradoxo em forma de quiz.
Um azul que vê verde.